Donos das duas melhores voltas da classificação se encontraram na grande final deste sábado

A terceira etapa do Ultimate Drift e primeiro evento oficial de automobilismo no sambódromo desde que ele virou arena chegou ao fim depois de muita fumaça e belas disputas.

Foi o primeiro de dois dias de eventos no sambódromo do Anhembi. Os carros do Ultimate Drift voltam a acelerar no domingo.

No período da manhã aconteceram as classificatórias, onde os 42 pilotos inscritos no evento tiveram duas chances para registrar sua melhor volta no traçado desenhado especialmente para a ocasião.

Oito pilotos registram notas acima dos 90 pontos e 19 pilotos colocaram notas superiores aos 80 pontos.

Quem terminou o classificatório com a melhor nota foi João Barion que anotou 98 pontos em sua segunda passagem. O segundo colocado foi Gus Koch com 94. O líder do campeonato, Erick Medici foi o quinto com 92 pontos.

11 pilotos partiram para repescagem em busca das duas últimas vagas para o top32. As primeiras batalhas do dia já mostraram que o nível técnico dos pilotos estava apurado. Clerisson Penguim e André Silva garantiram as duas vagas para a fase final.

O chaveamento colocou Erick Medici, Fred Monteiro e João Barion, líder, vice-líder e quarto colocado do mesmo lado. O terceiro colocado, Gus Koch alinhou como cabeça de chave do lado direito.

A grande surpresa do campeonato ficou por conta de Guilherme Winand, que em disputa valida pelas oitavas de final desbancou o líder Erick Medici. Ele chegou até as semis quando cruzou caminhos com Barion e o Mustang V8 do Sheriff. Pelo outro lado do chaveamento, Gus Koch reinava soberano até as semis, quando fez um confronto equilibrado com Márcio Kabeça. Dois dos pilotos mais experientes do campeonato precisaram de baterias extras para decidir a vaga na final.

Barion e Koch se encontraram na final e fizeram valer as melhores notas durante o dia. A batalha decisiva foi um show digno do palco que recebe o evento. Os dois pilotos aceleraram de pé cravado na primeira passagem e praticamente andaram a volta toda batendo porta com porta.

A decisão do vencedor da etapa  ficou para a volta de líder de Gus Koch. Ele e Barion andavam juntos até o erro do piloto do Mustang na entrada do miolo. Koch só precisou trazer sua BMW para a linha de chegada e comemorar o título. Márcio Kabeça, Guilherme Winand e Carlos Miyanishi completaram os cinco primeiros colocados.

Com a vitória, Koch se vê mais vivo do que nunca na briga para a última etapa.

“Eu estava com a terceira colocação, mas agora entrei de vez na briga para última etapa de amanhã e hoje foi um dia em que tudo deu certo, o carro correspondeu, não tivemos nenhum problema. Eu também estava bem, tudo encaixou”.

Já Barion afirmou que foi um dia sensacional, mas que vai com tudo amanhã para buscar o título.

“Foi um dia sensacional, principalmente para mim, primeiro lugar no classificatório, segundo lugar nas batalhas, então se eu não for o líder estou próximo na briga pelo título. Hoje foi um dia em que os pilotos mais experientes acabaram se sobressaindo mostrando que aqui é uma pista bem técnica, com transição e iniciação muito difíceis e os mais experientes se deram melhor. Amanhã a disputa do título, tem muita gente com chances, não tem como definir quem vai levar o campeonato, mas vamos com tudo amanhã.”

No domingo acontece a quarta etapa do Ultimate Drift e segunda da Copa do Brasil. O formato praticamente o mesmo do sábado, a única diferença é que os pilotos terão apenas uma volta na fase classificatória.

O Ultimate Drift tem transmissão ao vivo de todas as suas baterias em seu canal oficial do YouTube (Ultimate Drift) e no site Motorsport.com. A etapa na Arena de Lazer Sambódromo do Anhembi em parceria com a São Paulo Turismo. Devido a pandemia do coronavírus, o evento segue todos os protocolos sanitários e não é aberto ao público.

Confira a classificação do campeonato:

1.Gus Koch – 239 pontos
2. Erick Medici – 220
3. João Barion – 190
4. Fred Monteiro – 189
5. Márcio Kabeça – 155
6. Sergio Hanazono – 136
7. Bruno Bar – 124
8. André Bueno – 117
9. Lúcio Turossi – 116
10. Carlos Miyanishi – 103

Fonte: https://motorsport.uol.com.br/general/news/gus-koch-desfila-sua-bmw-raspando-os-muros-e-vence-a-terceira-etapa-do-ultimate-drift-em-final-emoc/4914457/?ic_source=article-details-widget&ic_medium=widget&ic_campaign=widget-prev&nrt=111